9/8/2011

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Paulo Alexandre, faltou ao compromisso marcado com a comissão permanente de Ciências e Tecnologia, da Assembleia Legislativa de São Paulo. A reunião estava marcada para o dia 4 de agosto. De acordo com o deputado Carlos Giannazi, do PSOL, o objetivo era abrir espaço ao secretário para prestar contas de sua gestão, mostrando as metas de sua administração, da forma que vem sendo feita por alguns outros secretários do governo paulista. Sobretudo, queríamos discutir a questão das ETECs e FATECs, que passam por uma grande crise nesta área educacional, destacou Giannazi.O Sinteps compareceu à  reunião com dois representantes, os diretores Salvador dos Santos Filho e Margarete Maria Moises Angeli.

Para frustração de todos, sem dar nenhuma satisfação, o secretário não compareceu, deixando claro que não tem interesse em falar com trabalhadores, mas sim com empresários. No dia seguinte à  reunião, o jornal Folha de S. Paulo estampou notícia mostrando onde o secretário estava no momento da reunião: nas comemorações do aniversário de 60 anos de uma das maiores empresas do Brasil, a Duratex, ao lado de banqueiros como Olavo Setúbal e outros empresários conhecidos. Isso é uma afronta não só à  Assembleia Legislativa, aos deputados, mas sobretudo à  população paulista, criticou Giannazi. Ele é obrigado a vir aqui prestar contas, porque a Assembleia Legislativa fiscaliza o Poder Executivo. A questão do Centro Paula Souza não foi resolvida e seus funcionários estão com salários aviltantes. Exigimos a presença do secretário aqui, bem como da superintendente do Centro Paula Souza, para explicar os baixos salários e o sucateamento das ETECs e FATECs, encerrou.