Assédio moral?

É hora de colocar a boca no trombone

16/8/2012

Sabemos que o assédio moral é um problema crescente nos locais de trabalho e aumenta à  medida que se ampliam a exploração, as más condições de trabalho e o arrocho salarial. Os patrões - privados e públicos - assediam os trabalhadores com o objetivo de obrigá-los a engolir tudo isso.

No Centro Paula Souza, não é diferente. O Sinteps vem recebendo várias denúncias de assédio moral pelo email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Sabemos que vários trabalhadores sofrem diariamente práticas de assédio, mas não conseguem provas para um processo judicial. De um lado, porque os assediadores não produzem provas contra si; por outro, porque as testemunhas, em geral, têm medo de depor e serem os próximos assediados.

Neste sentido, queremos receber dos trabalhadores os seus relatos, para encaminhamento ao Ministério Público do Trabalho. Para tanto, precisamos de informações concretas, bem como a identificação dos assediares e do trabalhador assediado. Junte todas as provas que puder e, inclusive nomes e endereços de possíveis testemunhas. Todas essas informações serão mantidas estritamente em sigilo pelo Sindicato.

Não sofra calado, mande sua denúncia para o email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..