Setoriais indicam categoria dividida: Entramos em ESTADO DE GREVE

O Sindicato esteve presente em muitas unidades nas últimas semanas, por meio de seus Diretores de Base, Diretores Regionais e Diretores Executivos.


Foram percorridas todas as regiões do Estado, em ETECs e FATECs, unidades agrícolas e industriais, localizadas na capital, interior e litoral, atingindo aproximadamente 10 mil trabalhadores do Centro Paula Souza.


O objetivo foi promover assembleias setoriais para consultar a categoria sobre a proposta de deflagração de greve por tempo indeterminado a partir de 4/4/2017. Os resultados das assembleias indicaram:

  • 46,66%: SIM à greve
  • 47,67%: NÃO à greve
  • 5,67%: Abstenções


Frente a estes resultados, a direção do Sinteps declara o ESTADO DE GREVE, com vistas a ampliar a mobilização para a data-base anual!


Desta forma, fica cancelado o ato de lançamento de greve, previsto para 4/4/2017. Na reunião da direção do Sinteps (Diretores de Base, Regionais e Executivos) já marcada para 6/4/2017, serão discutidos e deliberados coletivamente os encaminhamentos para viabilizarmos a greve geral da categoria.

 

Obs: Após a reunião de 6/4/2017, será divulgado novo boletim com todas as orientações.

 

São Paulo, 31 de março de 2017.
Diretoria Executiva do Sinteps