O Sinteps já solicitou à Superintendência do Centro Paula Souza o efetivo exercício para todos os trabalhadores que aderiram à paralisação em 15/3/2017, contra a reforma da Previdência. O objetivo é que haja um procedimento uniforme com relação à reposição das aulas e horas.


Atenção:
se você for chamado a preencher qualquer documento de justificativa de falta, o ideal é não fazê-lo e aguardar instruções gerais. Caso não seja possível deixar de preencher tal documento, coloque apenas que a razão da falta é “paralisação convocada pelo Sindicato”.


Tão logo haja definições sobre isso, o Sinteps divulgará amplamente.